_ É dificil aprisionar os que têm asas _






A [zul ] _ R [oxo ]


sábado, março 28, 2009

Azul .



As
palavras perdem o seu sentido, enquanto , a sua cor o mar verde e o céu azul, que haviam sido pintados pela gentileza das algas que jorraram oxigénio durante três bilhões de anos.
E a noite perde as suas estrelas.
Já existem placas de protesto cravadas nas grandes cidades do mundo ...
_ Não nos deixam ver as estrelas _

assinado ... as pessoas .

_Não nos deixam ver as pessoas _

assinado ... as estrelas . !

Eduardo Galeano _ Bocas do Tempo _

5 comentários:

Almor Loução © disse...

Mais um Blog que adoro (transmite... hum... encerra... hum... sei lá... sei o que é mas não sei explicar (é como se fizesse viajar para o interior de um livro desses que narravam histórias fantásticas... no país das maravilhas e em sonhos não cor de rosa mas neste caso em tons de azul, ihih! Algo do género)! ;)

Lilazdavioleta disse...

Almor Loução,
mto obrigada .
Adorei , tb , o seu com .
Como sinto o mesmo pelas suas fotos e pelo carinho com que trata os fotografados.

Beijo e bem haja em nome dos nossos amigos de quatro patas.

Nilson Barcelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nilson Barcelli disse...

Aparentemente o teu post fala da poluição luminosa...
Que me irrita quando quero observar as estrelas à noite.
Cara amiga, uma semana boa para ti.
Beijo.

Lilazdavioleta disse...

Olá Nilson ,
Qdo li este pequeno texto , " vi " mais que um problema de poluição luminosa .
Por vezes , " dá-me " para ler nas entrelinhas .

Boa semana para ti , tb .

Beijo